Casa cheia!

Standard

Sim! Mesmo com a chuva, todos (T-O-D-O-S) os eventos da noite tiveram casa cheia. Sabe o que isso quer dizer? Que Goiânia está voltando a ser a Rock City que todos comentam e sentem saudade! E isso só nos dá mais orgulho ainda. Somos uma banda de rock goinana, porra!!

Desabafos a parte, a noite foi excelente. Nossa versão da história é um pouco suspeita por que estávamos muito eufóricas. Mas foi isso que vivemos, é essa lembrança que temos: uma festa linda e animada do começo ao fim!

Nosso queridíssimo ‘bróder’ Rodrigo Lopes, baterista feríssimo do Hellbenders, apareceu lá cedão e logo agitou a pista com uns rocks dos bons, animado, pra servir de esquenta pro que estava por vir. Enquanto ele soltava Danko Jones, Rage e QOTSA (e outros), a galera já fazia fila do lado de fora e os shots de tequila free chegavam ao fim.

Por volta da meia noite o guitarrista do MUGO, Augusto Scartezini, assumiu as cdjs e pista fechou. Tinha uma galera muito animada lá já dançando e berando o palco, afim de ver o show da Cambriana de perto.

Quando essa rapaziada subiu no palco ficou difícil de circular. Com seu cd bombando na internet, Cambriana fez juz ao seu sucesso e mostrou um show impecável num palco tão pequeno pra tanto instrumento e talento. Um showzaço com direito a galera dividindo o refrão com eles.

         

Nem vimos o tempo passar. Já era hora de subir no palco. As boas baladas que iniciaram os shows agora eram trocadas pelas distorções pesadas e solos de guitarra.

De cima do palco a cena era linda, a casa cheia pra todos os lados que se olhava. A presença dos parceiros da Monstro e dos amigos tornaram o lugar super aconchegante e no melhor estilo “vamos colocar fogo nessa merda” começamos o show.

Para nós foi uma experiência ducaralho! Ainda não tínhamos idéia como as pessoas iam receber o som do cd, foi a primeiríssima vez que o tocamos no palco. E logo tivemos a resposta, a galera animada, pulando e dançando os hard rocks e batendo cabeça nos metais, não parou por um minuto.

Entre uma música e outra, os agradecimentos e duas tatuagens sorteadas (foi utilizado o app RandomNumber para gerar o número aleatório) e os sortudos foram Sura Pargendler e Nikolas Valério.

A vencedora da tattoo feira pela Lays, Sura Pargendler. Nikolas Valério, que levou a tattoo feita pela Virgínia!

Das participações especiais que tivemos no cd, apenas o Pedro, do MUGO, pode comparecer na noite. E cá entre nós, Black Dreams, a música que até então era secreta, foi o ápse do show!

Pedro, da banda MUGO, cantou em Black Dreams.

Foi uma festa ótima, no nível da nossa animação. Só temos a agradecer à todos que foram, que suaram e se divertiram com gente,  à Monstro Discos, ao Metrópolis, à Cambriana, ao Rodrigo e ao Augusto, à toda equipe do Jander Tattoo Estúdio e 1a Covenção Goiânia Tattoo.

Muito obrigada todo mundo que fez parte desse dia tão importante! Não vamos esquecer!

Dá uma olhada em mais algumas fotos da noite.

Léo Bigode e Girlie Hell

Girlie Hell

Girlie Hell

Girlie Hell

*Fotos por Heloá Fernandes

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s